um grito preso atrás do ouvido

o centro das atenções o tempo todo. você entra em um lugar e sente que tá todo mundo preocupado com você. com sua roupa, seu cabelo, seu peso, sua voz. parece que todo mundo sabe onde dá. e aí você tenta ser discreto. pensar mais baixo. cobre demais o corpo. pra ver se esconde a vergonha. fala demais e faz escândalo. pra ver se aparece mais do que um grito que nasceu preso atrás do ouvido.

todo mundo faz alguma coisa. tem gente que se omite e tem gente que imita gente e faz teatro. tem gente que faz festa. tem gente que dança pra ver se o balanço arranca isso daqui. todo mundo faz alguma coisa. tá todo mundo sempre fazendo alguma coisa pra ver se esse nó na garganta tem jeito de virar laço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s