Autor: giovanna marques

  • quero

    quero sobrar por aí.incendiar tropeços.dar cambalhota do avesso pra fora. quero fazer yoga. parar às três.me foder uma da manhã sem previsão de melhora. dormir às dez.  quero que nem pareça.quero que esteja na cara. que a vida me tire o sono.que a vida me derrube.  que eu me levante.  quero que você chegue hoje.quero que […]

  • o poder da palavra

    existem pelo menos doze mil formas de fazer a mesma coisa que ela fez e ela escolheu a pior. não era a pior possível: aquela considerável, que se entende, que se espera. ela foi na pior: a que nem um bom ser teria coragem, nenhuma boa voz ousaria dizer. dizer porque são as palavras as […]

  • nós não somos iguais

    quando ela pisou em casa eu já tinha saído. era terça-feira, umas nove, dia frio no meio do verão. do lado de fora chovia o dia todo. do lado de dentro eu evitei pensar. evitei encontrar, por isso saí. sentei numa lanchonete que tem do lado de casa, pedi um suco de laranja e fiquei […]

  • um peixe

    nunca sente sede um peixe só vive e nada um peixe nunca se afoga um peixe não sabe dançar

  • Talvez eu só fume por causa do verbo

    Talvez eu só fume por causa do verbo. Agir sempre foi meu impulso número um. Em qualquer coisa. O impulso de fazer coisas acontecerem, de deixar algo cair, de abaixar pra pegar num pulo, de suspirar sem dar tempo de espirar. Talvez eu só fume pelo prazer de colocar o cigarro na boca e apertar […]

  • benditas coisas que eu não sei

    o frio na barriga que me acordou hoje cedo tinha até cheiro. Benditas coisas que eu não seiOs lugares onde não fuiOs gostos que não proveiOs verdes ainda não madurosOs espaços que ainda procuroNos amores que nunca encontreiBenditas as coisas que não sejam benditasA vida é curta mas enquanto durarPosso durante um minuto ou maisTe […]

  • se esse poema fosse uma música

    se esse poema fosse uma música a cantora começaria em voz baixa dizendo que sempre esteve aqui esperando por você dizendo que não tem pra onde ir porque cansou de se perder a voz aumentaria pra dizer eu sofri eu vivi eu estive aqui se esse poema fosse uma música a cantora fingiria que é […]

  • gente que erra

    eu gosto de gente que erra. num mundo tão cheio de cobrança e maluquice por todo lado não tem nada mais nobre do que se rodear de gente que não tenta ser perfeita. gente que bate no peito e diz que vacilou, que na próxima vai fazer diferente. que não é assim que gostaria de […]

  • eu continuo falando de você

    Quando eu for falar de você, não vou contar sobre como me magoei, nem espalhar que, num dia desses quaisquer, você usou minhas palavras contra mim pra ir embora de vez. Quando eu for falar de você, vou deixar claro que, com você, dois e dois nunca somam quatro e os excessos têm gosto de […]

  • o fim do twitter

    já que o elon musk vai comprar o twitter e arruinar o único espaço da internet onde as pessoas podem não fingir que está tudo bem eu decidi que agora vou usar o instagram como a gente usava em 2012 naquela época em que a gente tirava foto de uma luminária e um pé e […]